De acordo com o jornal líder de Barbados, Leroy (tio da Rihanna) foi acusado de vender produtos pirateados da linha FENTYxPUMA e Rihanna foi quem, aparentemente, percebeu todos os produtos pirateados.

Quando ela voltou para Barbados, ela percebeu que seus produtos da Puma estavam sendo vendidos em um local de lá e relatou ao representante da Puma, que então voou para a ilha e verificou o assunto, e foram eles que fizeram a denúncia para a polícia.

Leroy foi ainda acusada por enganar os consumidores, e querer ganhar para si em cima de outra marca sem o consentimento da mesma, mas ele se apresentou ontem no tribunal e negou as acusações.

Foi relatado que Leroy foi libertado da prisão sob fiança e comparecerá perante um tribunal em 28 de novembro para receber seu julgamento.

Fontes: Bet, Shade Room.