Robyn Rihanna Fenty nasceu no dia 20 de Fevereiro de 1988, em Saint Michael, Barbados. A sua infância, nesta ilha das Caraíbas, foi profundamente afetada pelo vício do pai em cocaína e pelo casamento atribulado que este mantinha com a sua mãe. O casamento dos seus pais acabou quando a cantora tinha apenas 14 anos e a menina tímida que gostava de cantar encontrou uma saída através da música. Durante a infância e adolescência Robyn cantava apenas para amigos e familiares por pura diversão. Depois de formar uma banda com duas colegas de turma Rihanna, com apenas 15 anos, fez uma audição com o produtor Evan Rogers que contou ao Entertainment Weekly: “The minute Rihanna walked into the room, it was like the other two girls didn’t exist”.Rihanna acabou por se mudar para Connecticut para viver com Rogers e sua esposa, enquanto gravou uma demo com 4 músicas que acabou por ser enviada, por Rogers, para várias editoras em Janeiro de 2005. Uma dessas cópias foi enviada para a Def Jam Recordings e acabou por ser ouvida por Jay-Z. A Def Jam foi a primeira editora a responder e a convidar Rihanna para uma audição. A jovem não hesitou, foi à audição e cantou For The Love Of You. No final do dia já tinha assinado com a Def Jam Recordings e cancelado uma série de reuniões com outras editoras.

1DPOT download

 

O seu nome do meio, Rihanna, foi o escolhido para nome artístico e, depois de assinar com a Def Jam, a cantora passou os 3 meses seguintes a gravar e a completar o seu álbum de estreia. Este álbum contou com a produção de Evan Rogers, Carl Sturken, Stargate entre outros. O primeiro single deste trabalho foi Pon The Replay, lançado no dia 22 de Agosto de 2005, que chegou ao número 2 da Billboard Hot 100 e do UK Singles Chart. O primeiro single da promissora Rihanna tornou-se um fenómeno mundial e chegou ao Top 10 em 15 países diferentes. Music Of The Sun foi lançado em Agosto de 2005 nos Estados Unidos da América e entrou para o número 10 da Billboard 200, vendeu mais de 69,000 cópias na primeira semana e vendeu, no total, mais de 2 milhões de cópias a nível mundial.Screenshot_2

 

Um mês depois do lançamento do seu primeiro álbum, Rihanna começou a trabalhar no sucessor de Music Of The Sun. O primeiro single deste segundo álbum, SOS, chegou ao número 1 na Billboard Hot 100 e tornou-se o seu primeiro single nº1 nos Estados Unidos da América. O álbum A Girl Like Me foi lançado em Abril de 2006, menos de 8 meses depois do lançamento do seu primeiro álbum. Este atingiu a quinta posição na Billboard 200, vendeu 115,ooo cópias na sua primeira semana de vendas e recebeu o galardão de platina pela RIAA, tendo vendido mais de 1 milhão de cópias nos EUA. Internacionalmente, A Girl Like Me chegou à primeira posição do Top de Albuns canadiano e alcançou o 5º lugar no Reino Unido.

normal_rihanna_photo_058

O segundo single deste álbum, Unfaithful tornou-se um sucesso global posicionando-se no Top 10 de doze países diferentes, incluindo os Estados Unidos da América onde o single ocupou a 6ª da Billboard Hot 100. Enquanto isto, Unfaithful liderava os Tops de países como o Canadá, França e a Suiça. Após o lançamento deste álbum, Rihanna embarcou na sua primeira tour em nome próprio Rihanna: Live In Concert Tour e ingressou ainda na Rock The Block Tour de Jay-Z e na tour das Pussycat Dolls, de Novembro de 2006 até Fevereiro de 2007. Neste altura, Rihanna fez também um pequeno papel no filme Bring It On: All or Nothing lançado apenas em formato DVD.

 

Para o seu terceiro álbum de estúdio (2007), Rihanna quis seguir numa nova direção e para tal contou com a ajuda de produtores como Timbaland, Will.I.Am e SeanGarret. Mas nem só na música a cantora quis fazer uma mudança, o seu look também sofreu algumas alterações. Adaptou um estilo mais rebelde e, enquanto gravava o álbum, acabou por cortar o cabelo e pinta-lo de preto.Good Girl Gone Bad tornou-se um rápido sucesso, liderou os Tops de países como o Reino Unido, Canadá, Japão, Brasil, Russia e a Irelanda, e chegou ao Nº2 nos EUA e na Austrália. Ao contrário do seu álbum anterior, Good Girl Gone Bad, este incluiu mais dance-pop ao invés de dancehall, reggae e as típicas baladas. O álbum recebeu críticas muito positivas pelos críticos musicais e tornou-se o mais bem sucedido álbum da cantora, comparado com os seus dois trabalhos anteriores. gggb01
Deste álbum resultaram 4 singles de grande sucesso (todos eles alcançaram o Top 3 da Billboard Hot 100), incluindo o hit mundialUmbrella com a participação de Jay-Z. Além de atingir o Nº1 em vários países, Umbrella foi o single líder dos Top do Reino Unido por 10 semanas consecutivas e foi considerado, pela Rolling Stone, a terceira melhor música do ano 2007. Os restantes singles do álbum, Shut Up And Drive, Don’t Stop The Music e Hate That I Love You, foram capazes de igualar o sucesso de Umbrella, com Don’t Stop The Music a atingir o Nº3 na Billboard Hot 100 enquanto se posicionava no Nº1 na Austrália, Holanda, França, Alemanha e Suiça. No mesmo ano, 2007, Rihanna ganhou o prêmio de “Favorite Soul/R&B Artist” dos American Music Awards.

during the 2007 American Music Awards held at the Nokia Theatre L.A. LIVE on November 18, 2007 in Los Angeles, California.

Em Julho de 2008, o 3º álbum de Rihanna foi reeditado com o nome Good Girl Gone Bad: Reloaded. O primeiro single desta reedição, Take A Bow, foi Nº1 nos Tops do Canadá, Reino Unido e Estados Unidos da América. If I Never See Your Face Again, um dueto com a banda Maroon 5 foi também incluído nesta reedição, bem como Disturbia, que rápidamente se tornou Nº1 nos EUA e na Nova Zelândia. A cantora de Barbados participou também na música Live Your Life de T.I., Nº1 na Billboard Hot 100, que foi o quinto single da cantora nesta tabela (SOS, Umbrella, Take a Bow, Disturbia, e Live Your Life). Isto fez de Rihanna uma das duas artistas femininas a solo com mais singles Nº1 da década, a par de Beyoncé Knowles. O álbum vendeu mais de 2 milhões de cópias nos Estados Unidos e tornou-se dupla platina, tornando-se assim o seu álbum mais vendido até a altura.

Na edição de 2008 dos Grammy Awards, Rihanna ganhou o seu primeiro Grammy, “Best Rap/Sung Collaboration”, além de estar nomeada para outras categorias como “Record Of The Year”, “Best Dance Recording”, “Best R&B Performance By A Duo Or A Group” e “Best Song”. Ainda no mesmo ano a cantora ganhou os prémios de “Favorite Pop/Rock Female Artist” e “Favorite Soul/R&B Female Artist” nos American Music Awards. Em Dezembro de 2008, Margeaux Watson do Entertainment Weekly escreveu um artigo intitulado “Rihanna: Diva Of The Year” que falava de todo o sucesso alcançado pela cantora durante esse ano.

8 de Fevereiro de 2009, a performance de Rihanna na edição anual dos Grammy Awards foi cancelada. Vários relatos surgiram em torno da alegada discussão com o seu namorado, o cantor Chris Brown, que foi preso pela suspeita de agressões físicas aRihanna. A 5 de Março do mesmo ano, Brown foi acusado pelo tribunal de ataques físicos à cantora. Devido a uma fotografia que “vazou” do departamento de polícia de Los Angeles, e que foi obtida pelo site TMZ.com (que revelou os ferimentos visíveis, causados por Chris Brown), uma organização chamada “STOParazzi” propôs uma lei chamada “Rihanna’s Law” que, caso fosse aprovada, iria “impedir os funcionários de agências de aplicação da lei de revelar fotografias ou informações que envolvessem vítimas da criminalidade”. Gil Kaufman da VH1 relatou que “a cobertura ininterrupta do caso Rihanna e Brown trouxe à tona uma série de questões sobre a privacidade das supostas vítimas de violência doméstica, incluindo a decisão, por quase todos os canais de notícias, de divulgar a identidade da vítima, o que normalmente não é feito em casos de violência doméstica”. Rihanna foi chamada a depor durante uma audiência preliminar em Los Angeles a 22 de Junho de 2009. Chris Brown declarou-se culpado pela agressão à cantora e, em troca da sua confissão, recebeu apenas cinco anos de liberdade condicional e foi impedido de ficar a 50 metros de distância de Rihanna (exceptuando em eventos públicos) sendo que essa distância foi depois reduzida para 10 metros.

 

O seu quarto álbum de estúdio, Rated R, foi lançado em Novembro de 2009. A Rolling Stone comentou o álbum dizendo que”Rihanna transformou o seu som e fez um dos melhores álbuns pop do ano”. O álbum estreou no nº4 da Billboard 200 e foi premiado com o galardão de platina por vendas superiores a 1 milhão de unidades. Os primeiros três singles deste trabalho:Russian Roulette, Hard e Rude Boy estrearam no Top 10 da Hot 100 sendo que Rude Boy chegou mesmo ao nº1 desta tabela. A múscia liderou também o Top singles da Austrália, enquanto se posicionava no Nº2 do Reino Unido, Irlanda, Nova Zelândia e Suiça. Outros dois singles foram retirados de Rated R, Rockstar 101 e o último single do álbum Te Amo. Para promover este trabalho, Rihanna embarcou numa tour mundial, a Last Girl On Earth Tour.Rihanna-Rated R 13

Em Janeiro de 2010, Rihanna ganhou dois Barbados Music Awards para “Song Of The Decade” com Umbrella e “Entertainer of the Decade”. Ela foi nomeada “International Female Artist of the Year” na edição de 2010 dos NRJ Music Awards. Durante o Verão, colaborou com o rapper Eminem em Love The Way You Lie, música que chegou ao Nº1 da Billboard Hot 100 e dos Tops de países como Austrália, Canadá, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega e Suécia. Love The Way You Lie tornou-se assim o seu sétimo single Nº1 na Billboard Hot 100. Rihanna participou também no referão de All of the Lights, o quarto single do quinto álbum de estúdio de Kanye West, My Beautiful Dark Twisted Fantasy, que incluiu vocais de muitos outros artistas, incluindo John Legend, The-Dream, Elly Jackson, Alicia Keys, Fergie, Kid Cudi, e Elton John. Em Outubro de 2010, a cantora lançou um livro auto-intitulado e anunciou a sua separação do manager Marc Jordan, sendo que iria agora passar a ser gerida pela empresa de Jay-Z, Roc Nation Management.

O seu quinto álbum de estúdio, Loud, foi lançado a 16 de Novembro de 2010. Estreou no nº3 da Billboard 200 e vendendo 207,000 cópias na sua primeira semana de vendas (nos EUA). O single de abertura, Only Girl (In The World) liderou o Top de mais de 10 países, entre eles a Austrália, o Canadá, o Reino Unido e os Estados Unidos. A música ganhou também o Grammy para “Best Dance Recording” na 53ª edição da tão aclamada cerimónia de prémios musicais. O segundo single do álbum What’s My Name?, que conta com a colaboração do rapper canadiano Drake, alcançou também o Nº1 nos Estados Unidos e no Reino Unido fazendo de Rihanna a primeira cantora a solo com 5 singles Nº1 no Reino Unido em anos consecutivos. Com S&M como terceiro single internacional de Loud, Rihanna ganhou outro marco na sua carreira quando este atingiu o Nº1 da Billboard Hot 100. Isto fez de Rihanna a artista mais jovem, em 52 anos de história da Billboard Hot 100, a alcançar 10 singles Nº1. Man Down e California King Bed foram os próximos dois singles a serem lançados do álbum.BQmy62VCcAAlX8a

Em Junho de 2011, Rihanna embarcou em mais uma tour mundial, a Loud Tour. A Loud Tour foi a mais bem sucedida tour deRihanna até à data, com quase 100 concertos na Europa, Norte-América e América do Sul. Rihanna lançou ainda o sétimo single do álbum, Cheers (Drink to That), que chegou ao Nº7 da Billboard Hot 100.

O sexto álbum de estúdio da cantora, Talk That Talk foi lançado a 21 de Novembro de 2011 (em duas versões, Standard e Deluxe). O single principal, We Found Love, estreou no dia 22 de Setembro e foi lançado no mesmo dia para venda digital. Com a subida desta música para Nº9 da Hot 100, Rihanna tornou-se a artista a solo a conseguir 20 singles no Top 10 de forma mais rápida da história, batendo assim o anterior recorde que pertencia a Madonna. A música tornou-se, mais tarde, o seu 11º single Nº1 na Billboard Hot 100 e passou 10 semanas, não consecutivas, na liderança esta tabela ultrapassando Umbrella, o single de Rihanna que mais tempo tinha ocupado o Nº1. No Reino Unido, tornou-se o segundo single de Rihanna a vender mais de 1 milhão de cópias. We Found Love foi um sucesso indescritível a nível mundial. Liderou os Tops de 18 países e estreou no Top 10 em trinta países diferentes, acabando por bater um conjunto de recordes em todo o mundo. Tornou-se o single de maior sucesso da cantora na tabela Hot 100 (do Japão) e o seu single mais vendido na Nova Zelândia. Diversos artistas fizeram covers desta música, entre eles :Coldplay, Jessie J, e o elenco de Glee. Mais tarde, o videoclipe de We Found Love foi premiado na edição anual dos Video Music Awards da MTV com o prémio para “Video OF The Year” (2012) fazendo de Rihanna a primeira mulher a ganhar este prémio mais que uma vez.  You Da One foi o segundo single retirado do álbum a 11 de Novembro de 2012. Este single alcançou um sucesso moderado e chegou ao Top 20 no Reino Unido e nos Estados Unidos da América. Talk That Talk, a música com o rapper Jay-Z que deu nome ao álbum, foi o terceiro single e foi escolhido depois de Rihanna ter perguntado aos fãs, via Twitter, qual seria a faixa mais indicada para suceder You Da One. No final de 2011, Rihanna foi cosiderada a cantora com mais singles vendidos no Reino Unido superando Adele com uma margem de 6,000 unidades.42140_1

 

No início de 2012, duas colaborações com Rihanna foram lançadas: Princess of China, que faz parte do álbum Mylo Xyloto dos Coldplay, e Take Care de Drake. Ambas as colaborações atingiram o Top 20 da Billboard Hot 100. Em Fevereiro, All Of The Lights foi nomeada para as categorias de “Best Rap Song” e “Best Rap/Sung Collaboration” da 54ª edição anual dos Grammy Awards acabando por ganhar os dois prémios. Desta forma, Rihanna passa a ter 6 Grammy Awards na sua lista de galardões.Rihanna ganhou ainda, pela segunda vez consecutiva, o BRIT Award para “Best International Female Artist”. Ainda em Fevereiro de 2012, especulou-se que o ex-namorado de Rihanna, Chris Brown, faria parte da versão completa da música Birthday Cake, deTalk That Talk. Os rumores confirmaram-se quando Rihanna postou a música no Twitter no dia do seu 24º aniversário. Esta junção musical entre Rihanna e Chris Brown esteve envolvida em muita controvérsia devido à agressão cometida por Cris a Rihanna 3 anos antes. Em adição a esta chocante notícia, o par despertou ainda mais polémica depois de gravar um outro remix desta vez para o singe de Chris Brown “Turn Up the Music” que foi lançado pouco tempo depois da primeira colaboração. Talk That Talk, colaboração com Jay-Z, sucedeu o lançamento das duas colaborações entre Rihanna e Chris Brown e Where Have You Been foi o escolhido para último single deste trabalho. Este single, de grande sucesso, estreou no Tops 10 de vinte países diferentes. Cockiness (Love It) foi também lançada numa versão remisturada com A$AP Rocky.

LOS ANGELES, CA - SEPTEMBER 06: Rihanna arrives at the 2012 MTV Video Music Awards at Staples Center on September 6, 2012 in Los Angeles, California. (Photo by Steve Granitz/WireImage)

2012 foi também marcado como ano de estreia de Rihanna no grande ecrã. A cantora vestiu a pele da bonita Cora Raikes no filmeBattleship. Rihanna escolheu este projecto porque queria fazer algo muito “badass” e também porque o papel não era demasiado grande para ela o desempenhar. A cantora e o restante elenco promoveram o filme no Reino Unido, Estados Unidos, Austrália e Japão. A sua performance em Battleship fez com que ganhasse o Teen Choice Award de “Choice Breakout in a Film”. Rihannaapareceu ainda no filme/documentário Katy Perry: Part Of Me 3D e gravou cenas para a comédia apocalíptica End of the World. 2012 viu o lançamento da sua segunda fragrância Rebelle e o seu primeiro programa de televisão Styled To Rock que estreou no Reino Unido, em Agosto de 2012. Também em Agosto, mais precisamente no dia 19, Rihanna apareceu no primeiro episódio da segunda temporada do programa de televisão Oprah’s Next Chapter, episódio este que obteve a segunda taxa de audiência mais alta do canal OWN. Em Outubro, a cantora foi nomeada a artista Nº1 dos últimos 20 anos pela Billboard e foi ainda considerada a segunda artista feminina que mais vendeu na história do Reino Unido.
20130109-210732

 

Um ano cheio de conquistas na carreira de Rihanna, 2012 ficou também marcado pela presença da celebridade na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo, segundo a Times magazine. Rihanna tornou-se a pessoa mais popular no Facebook, a artista feminina mais vista no Youtube e a 4ª na lista de pessoas com mais seguidores no Twitter. É umas das mais importantes celebridades nas redes sociais e ganhou múltiplos recordes do Guinness: a primeira mulher no Reino Unido a ter 5 singles Nº1 em 5 anos consecutivos; a mulher com mais singles nº1 em apenas um ano; a artista com mais singles nº1 nas tabelas digitais dos Estados Unidos da América. Rihanna foi considerada a artista que mais vendeu digitalmente em toda a história dos Estados Unidos, vendendo mais de 47,571,000 singles e álbuns. Em Outubro de 2012 Rihanna lançou Diamonds, o primeiro single do novo álbum Unapologetic.