Rihanna tem aumentado seus esforços para a educação no Malawi desde que visitou o país do Sudeste Africano em janeiro – e desta vez, isso envolve bicicletas.

Em uma nova parceria com a “1 KM Action” anunciada hoje (1 de agosto), a Fundação Clara Lionel, da cantora, unirá forças com a plataforma de pesquisa de bicicletas para não só financiar bolsas para meninas no Malawi através do Programa Global de Bolsas de Estudo da Fundação, mas também doar bicicletas para as alunas aliviar os desafios de transporte para chegar à sala de aula. O primeiro lote de bicicletas já foram colocadas em uso no Malawi, iniciando o que se tornará uma parceria de cinco anos.

“Estou tão feliz com a nova parceria da Fundação Clara Lionel com o ofo porque ajudará tantos jovens de todo o mundo a receber uma educação de qualidade e também ajudar as jovens do Malawi a entrarem na escola com segurança, reduzindo aquelas caminhadas muito longas que elas fazem para a escola sozinhas “, explica Rihanna em um comunicado de imprensa.

A cantora e filantropa de 29 anos recentemente compartilhou um breve documentário de sua viagem de janeiro ao Malawi, onde se encontrou com educadores, funcionários do governo e estudantes, como Embaixadora da Parceria Global para a Educação.

Embora haja cerca de 4,6 milhões de alunos na escola primária no Malawi, apenas oito por cento dos alunos completaram o ensino médio. As meninas são afetadas de forma desproporcional, e as questões de transporte são um dos principais contribuintes para os abandonos. É aí que a ofo entra.

“Estamos muito satisfeitos em trabalhar com Rihanna e a Fundação Clara Lionel nesta iniciativa inovadora, pois estamos ansiosos para ajudar a melhorar a acessibilidade educacional para estudantes que vivem na pobreza”, diz o fundador e CEO da Dai Wei em um comunicado. “Nós acreditamos em desbloquear todos os cantos do mundo com igual acesso à educação e ao nosso esquema de compartilhamento de bicicletas”.

Matéria traduzida de Billboard.