As listas de final de ano começaram a ser liberadas pelas revistas e Rihanna faz grande presenças no meio delas, mas recebeu grande destaque pela revista BET, que nomeou o álbum como segundo melhor do ano.

A revista começa dizendo o quão caótico foi o ano de 2016, e deixa claro que a música nesse ano serviu como base de mudanças, deixando claro que ‘ANTI’ foi um álbum de riscos e grande mudança para o cenário pop que víamos. Leia a tradução do comentário sobre o álbum:

”Sim, ANTI é um claro lembrete de que a ”fodona” princesa do pop Rihanna realmente ”pouco se fode” pras coisas, mas o que nos fez ama-la  pela milionésima vez foi a infinidade de pilhas de riscos que ela levou com seu tão aguardado oitavo álbum. Não há nenhuma dicotomia para comentar, ou um véu mítico para descobrir. O que você vê é o que você recebe e o que ouvimos em  é inegavelmente seu trabalho mais atraente até à data. Colocando uma espessa camada de racionalidade ( “Woo”, “Consideration”), seu temperamento feminino sexual sincero ( “Sex With Me”, “Kiss It Better”) e vislumbres inesperados em sua alma ( “Needed Me” “Same Ol’ Mistakes”), o LP floresce além da faixa pop que ela possuia na década passada e emerge em uma zona de alto R & B onde seus vocais prósperos  provam ser tão magnéticos quanto seu olhar castanho. Em uma sociedade que vulnerabilidade ainda  parece ser tabu, Rihanna tomou uma chance e encontrou sua própria obra-prima musical no escapismo.” – Ashley Monaé

Confira o TOP 10 de melhores álbuns de 2016 segundo BET:

#1 ‘A Seat At The Table’ – Solange

#2 ‘ANTI’ – Rihanna

#3 ‘Lemonade’ – Beyoncé

#4 ‘Cloring Book’– Chance The Rapper

#5 ‘Blonde’ – Frank Ocean

#6 ‘The Life Of Pablo’ – Kanye West

#7 ‘We Got It From Here… Thank You 4 Your Service’ – A Trible Called Quest

#8 ’24K Magic’ – Bruno Mars

#9 ‘Untitled Unmastered’ – Kendrick Lamar

#10 ‘Birds In The Trap Sing Mcknight’ – Travis Scott